|- Ari Zanuto Júnior
    |- João Neto
    |- CFUG-SP
    |- CFGIGOLÔ
    |- Blog do Rafa
    |- Neto Leal
    |- Celina Uemura
    |- Frederick Van Amstel
    |- Fabiano Cruz
    |- Gabriel Laet
    |- Jonas Galvez - Blog
    |- Ricardo Braz - Blog
    |- Carol Antunes
    |- Dauton Janota
    |- Jonathas Scott
    |- FlashMasters
    |- Igor Costa
    |- Hipermasters
    |- MUGB
    |- TrixHost

[Valid RSS]
Action Script 2.0 ( Primeira Parte )
Posted by Marlos Carmo - (2003-09-15 15:18:21)

Junto com os novos releases dos produtos Macromedia recentemente lançados, foi anunciado também uma nova linguagem para o desenvolvimento de aplicações no Macromedia Flash, o Action Script 2.0.

Presente nas versões Flash MX 2004 e Flash MX Professional 2004, o Action Script 2.0, é uma linguagem mais inteligente e robusta. Mas se você está pensando que tudo que você aprendeu foi por água abaixo, não se desespere. O Flash MX 2004 suporta tanto o agora batizado de “Action Script 1.0”, quanto o Action Script 2.0.


As mudanças

Você já deve estar se perguntando, o que diferencia o Action Script 2.0 do Action Script 1.0?

O que diferencia principalmente o Action Script 2.0 do Action Script 1.0, é a forma de declaração das variáveis e das funções de retornos. Agora para se criar as variáveis e funções que retornam valores você terá que declarar o seu tipo adequado. Outra mudança que sem dúvidas é a mais importante é a forma de trabalhar com classes.

Veja abaixo uma breve explicação:


- Declaração de tipos para variáveis

Antes, para se criar uma variável ou uma função de retorno no Flash não se preocupava qual era seu tipo, se era String, ou MovieClip ou Número, agora você terá que declarar a variável com o tipo adequado a informação armazenada:

site = “http://www.marloscarmo.com”;
site = 2003;

O que podemos ver acima, é que criava-se uma variável utilizando o tipo String e depois sobrescrevia com o tipo Número. Já no Action Script 2.0 você tem que declarar o tipo adequado a variável e a partir daí você poderá utilizar somente este tipo para a variável, isso facilita a eliminar alguns mistérios do seu código.

var site: String;
site = “http://www.marloscarmo.com”;

Se você tentar forçar a variável com outro tipo ao rodar a aplicação o Flash mostrará uma mensagem de erro avisando o conflito entre tipos.


- Declaração de tipos para funções de retorno

Na declaração de variáveis de retorno acontece o mesmo que no item acima, só que a forma declarar é diferente. Antes fazia-se da seguinte forma:

function AreaQuadrado(base, altura) {
    return (base * altura);
}


Agora no Action Script 2.0 você tem que declarar tanto o retorno da função quanto as variáveis criadas nas funções.

function AreaQuadrado(base: Number, altura: Number): Number {
    return (base * altura);
}



- Conceito de criação de Classes

O que vimos até agora são meros detalhes, porque a maior mudança no Action Script 2.0, foi a forma de trabalhar com classes.

No novo Flash MX 2004, o conceito de classe está muito parecido com a da linguagem JAVA, da Sun.

Para se criar uma classe no Action Script 1.0, fazia-se da seguinte forma:

Cachorro = function(nome, cor, idade) {
    this.nome = nome;
    this.cor = cor;
    this.idade = idade;
}

meuCachorro = new Cachorro(“Au-Au”, “Branco”, 8);

No Action Script 2.0:

(Cachorro.as)

class Cachoro {
    var _nome: String;
    var _cor: String;
    var _idade: Number;

    //Função construtora
    function Cachorro(nome, cor, idade) {
        _nome = nome;
        _cor = cor;
        _idade = idade;
    }
}


(Código dentro do Flash)

meuCachorro = new Cachorro(“Au-Au”, “Branco”, 8);

No Action Script 2.0, cada classe tem seu arquivo referente com extensão .as, por exemplo se sua classe chama Cachorro, o arquivo com a classe é o Cachorro.as e cada arquivo só pode conter somente uma classe.

Essa nova versão do Action usa o conceito de packages para facilitar o desenvolvimento de aplicações com classes. Outra fcailidade encontrada n Action Script 2.0 é que as propriedades e métodos da classe podem ser declaradas como public, private e static.

Esse é o primero artigo falando da nova linguagem do Flash MX 2004 e Flash MX Professional 2004, mostrando uma visão geral da linguagem. No próximo artigo estarei explicando como trabalhar com classes no Action Script 2.0.

Fonte:
http://www.person13.com/


Um abraço e até a próxima.

[ Comentar ]

Comentários (6)


Artur de Paula Ribeiro
arturpr@hotmail.com

Muito bom. Gostaria de deixar a sugestão para a publicação de uma matéria sobre Flash Lite. Por se tratar de um assunto pouco abrangido, acredito que existem muito interessados. Abraços e Parabéns, Artur de Paula Ribeiro

2003-09-15 15:43:13


Mozart Petter
mozart@sap.art.br

Se os iniciantes já se confundiam e achavam complicado o AS 1, imagine o AS 2 que agora tem que especificar o tipo de variável? Mas ficou bacana esse esquema... gostei! At's

2003-09-16 15:29:28


We££ïñg7øÑ
hot_well@hotmail.com

Muito bom a sua materia...

2004-02-23 12:04:52


rubens
rubensbalan@hotmail.com

sou novato no flash mas achei sua pagina muito dinamica parabens logo chego lá, estou ainda no flash MX versao 6, gostaria se apostilas mas simples to apanhando para aprender.....

2004-05-17 16:54:59


nuno sousa
sousa.alexandre@netcabo.pt

ola, gostei... já agora es capaz de conseguir desactivar as teclas alt+f4 e alt+ctrl+del apartir do flash??? ninguem consegue!!!! nao sei se e porque sao teclas do sistema e o flash nao pode desactivar... :) não entendo, poruqe´para mm é uma situação imprescendivel, acho que era super util para fazer apresentaçoes que nao podem parar de rolar... gracias!!!! :)

2004-06-14 19:03:05


Alyson Charles
alyson.charles@click21.com.br

Gosto de matérias sobre o flash, já sei fazer algumas coisinhas até legais mas nunca usei actions a não ser pra parar e começar o clip. Gostaria de saber se teria alguma opinião sobre actions que sejam feitas passo-a-passo que eu possa acompanhar como nesses seus exemplos, se possível com mais detalhes sobre a action. Parabéns pelo site. Obrigado

2004-08-10 15:17:09